fabricio c. boppré web designer

sobre este site:

Este site foi construído sem o auxílio de CMS, frameworks ou qualquer tipo de solução pronta para gerenciamento de conteúdo e layout (exceção feita aos itens de "estudos & experimentos", cujo objetivo é justamente testar e explorar novas tecnologias). Não que eu seja contra o uso destas ferramentas, pelo contrário — utilizo-as frequentemente em meu trabalho. Mas como aqui o objetivo é algo realmente muito simples, eu, basicamente:

  • escrevi algumas poucas linhas de PHP para recuperar o conteúdo que está armazenado em arquivos XML facilmente atualizáveis e com CSS3 e HTML5 criei o layout e a apresentação deste conteúdo;
  • escrevi também um pouco de código JavaScript (em seu revolucionário sabor Vanilla) para exibir as anotações de leituras em lotes graduais (já que esse conteúdo tende a ficar bastante extenso) e mais um pouco de JS para a navegação entre as ilustrações quando ampliadas;
  • às vezes realmente não é necessário reinventar a roda: utilizei a biblioteca Masonry (que, por sua vez, também é escrita em JS) para montar os mosaicos do portfólio de web-sites e das ilustrações;
  • auxiliares de valor inestimável na programação do layout: Sass e Flexbox; e na apresentação do conteúdo: Markdown, Parsedown e Showdown;
  • o código-fonte é enxuto, semântico e responsivo, concebido e gerenciado através do imbatível Coda (que transformou-se em Nova) e hospedado na RailsPlayground;
  • a fonte tipográfica utilizada é a Libre Baskerville;
  • Minha coleção de discos é fruto do meu primeiro contato com algumas das tendências mais recentes na web: React, Node.js, pre-rendering, entre outras. O objetivo dessas ferramentas, de modo geral, é tornar a web mais rápida, segura e eficiente, além de oferecer aos desenvolvedores valiosos benefícios ao longo de todo o processo de programação, implantação e manutenção. Este meu primeiro experimento foi construído sobre o seguinte tripé: o framework React Next.js para a programação do frontend; a API do banco de dados colaborativo Discogs como origem de seu conteúdo; e a plataforma Vercel (que importa e gera a versão de produção do código-fonte armazenado no Bitbucket) para sua disponibilização online.